A cultura escolar da educação física no EJA: o paradoxo entre a ruptura com a noção de atividade e a falta da prática corporal

  • Santiago Pich Universidade Federal Santa Catarina, ()
  • Mariana Purcote Fontoura Universidade Federal do Paraná, ()

Resumen

O presente trabalho é o resultado de uma pesquisa referenciada no campo de estudos da cultura escolar, e aborda a cultura escolar específica da educação física de uma escola de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) da cidade de Curitiba – PR. Metodologicamente nos orientamos pelos conceitos e critérios da etnometodologia, o que nos levou a uma longa imersão no campo. Os principais resultados nos mostram a relevância na constituição da identidade docente na configuração da cultura escolar dA educação física, bem como que a oferta meramente teórica da disciplina nos coloca frente a um paradoxo: por um lado nos sinaliza a necessidade de rompermos com a tradição da Educação Física enquanto “atividade”, mas também revela a necessidade da experiência corporal como substrato necessário para a elaboração teórica

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2013-06-01
Cómo citar
Pich, S., & Purcote Fontoura, M. (2013). A cultura escolar da educação física no EJA: o paradoxo entre a ruptura com a noção de atividade e a falta da prática corporal. Educación Física Y Ciencia, 15(1). Recuperado a partir de http://www.efyc.fahce.unlp.edu.ar/article/view/EFv15n01a03
Sección
Artículos